terça-feira, 16 de agosto de 2016

O que você faria se não tivesse medo?

Confesso que algumas coisas são inconfessáveis. Outras nem tanto. Se eu não tivesse medo, ou melhor, pânico de cobra, talvez tirasse aquelas fotos com uma enrolada em meu pescoço. Se eu não tivesse medo de vento, talvez ficasse de boa no meio de uma ventania lendo um livro. Dentro de casa, óbvio. Se eu não tivesse medo acho que colocaria uma mochila nas costas e iria viajar pelo mundo, mas meu maior medo é ficar longe dos meus filhos. Um dia ainda vou fazer Rappel. Mas preciso vencer o medo. 

A vida é repleta de “e se”. Ficamos do lado de cá morrendo de vontade de descobrir como é o lado de lá. “Vaidizê”. O medo nos paralisa. Coragem é agir apesar do medo. É preciso ter coragem para enfrentar a vida e realizar o máximo de coisas possíveis para preencher toda uma existência de momentos especiais. Mas para isso, tem que ter muita autoconfiança e acreditar naquilo que se está fazendo.

Diversas vezes somos impedidos de seguir adiante pela proteção de nossos pais e amigos, que querendo nos proteger acabam nos desanimando quando queremos empreender ou realizar algo mais ousado. O medo deles se transforma no medo nosso e nada é feito.


Morrendo de medo no céu do Rio de Janeiro 
A crença limitante de outras pessoas entram em cena para querer decidir o que é certo dentro de um jogo onde não existe certo ou errado, mas riscos à serem avaliados e testados. Nem sempre dá certo, sabemos disso, mas precisamos tentar para não deixar nossos sonhos apenas engavetados dentro da nossa existência. Se não testarmos, como vamos saber?

Milhares de pessoas descobrem o gosto amargo de um fracasso diversas vezes por dia e nem por isso desistem. Pelo contrário, ficam cada vez mais próximas do sucesso, pois a cada fracasso retiram um aprendizado valioso que não será mais repetido.

De nada adianta deixar seus sonhos num campo de idealização onde não existe concretização. Você terminará seus dias com uma espécie de vazio no meio do peito e a sensação de que a vida não valeu tanto a pena assim. O que você faria se não tivesse medo? Pega essa resposta, vai lá e faz.