sexta-feira, 22 de julho de 2016

Para cada escolha, uma renúncia

Infelizmente não podemos ter tudo que queremos. Para escolher algum caminho, precisamos abrir mão de outro e quando tomamos decisões baseadas em nossos valores conduzimos as respostas com mais facilidade e possibilidade de acertos.

Existem cinco valores que significam muito para cada ser humano. Muito acima da linha da média de acordo com cada percepção. Assim, podemos afirmar que os valores humanos vão muito além de simples valores morais constituindo um conjunto de regras estabelecidas para uma convivência saudável dentro de uma sociedade, mas um elemento que norteia comportamentos e afeta diretamente a vida das pessoas. Quando ferimos algum de nossos valores, porque cedemos por algum motivo qualquer numa determinada situação, a ferida fica lá, instalada bem no meio do peito marcada como ferro em brasa.

É difícil abdicar de algumas coisas que parecem extremamente atraentes num primeiro momento, mas que significam apenas momentos. Quando resistimos e enfrentamos os desvios que a vida apresenta para que o caminho seja desconstruído, precisamos nos perguntar para onde estamos indo e aonde queremos chegar de modo que essas respostas estejam alinhadas aos nossos valores.

Se eu tenho a família como um valor importante para mim, devo desviar de todas as coisas que coloquem em risco meu convívio familiar. Se para mim integridade é algo fundamental, não posso ir contra ao que considero atitudes de uma pessoa íntegra. Se a minha individualidade é indispensável, preciso me fazer respeitar e utilizar meu tempo da maneira que achar melhor sem precisar agradar os outros antes de agradar a mim mesma. Se prezo pelo aprendizado contínuo, não posso deixar de buscar conhecimento e alimentar meu cérebro com informações novas a cada dia. Se manter a saúde em dia é importante para mim, não posso simplesmente ignorar que preciso fazer exercícios físicos regularmente e manter uma alimentação saudável. Enfim…. São nossos valores que determinam nossos resultados. Quando sabemos quais são eles e o quanto respeitá-los nos conduz pelo caminho de melhores resultados, pensamos nos cinco principais deles em todos os momentos de decisão e aí conseguimos fazer a escolha certa.

Se cada escolha é uma renúncia, substituir ilusões efêmeras por resultados duradouros, mesmo sem prazer imediato, faz com que possamos olhar para trás livre de remorsos e orgulhosos de nossos feitos. Só assim para dizer que a vida realmente valeu à pena. Quando não deixamos rastros de arrependimento no caminho. Como dizia Pablo Neruda: "Você é livre para fazer suas escolhas, mas é prisioneiro das consequências”.